Evino profissionaliza gestão logística com WMS da Senior

“Desafio agora é ganhar produtividade”, afirma Ari Gorenstein, cofundador da empresa – hoje vice-líder do e-commerce brasileiro de vinhos. Graças aos investimentos em tecnologia e ao ritmo de vendas estabelecido, a Evino pretende seguir crescendo em taxas elevadas.

Evino profissionaliza gestão logística com WMS da Senior 27/01/2017

Criada em 2013 para estreitar a relação dos brasileiros com o vinho, oferecendo uma variedade de rótulos com preços acessíveis via e-commerce, a Evino previu que, em 2017, seu sistema de WMS não suportaria mais uma Black Friday. “Nosso fluxo de pedidos vem aumentado exponencialmente ao longo dos anos e, quando temos períodos de picos de demanda, temos de estar seguros de contar com um WMS que dê vazão ao volume ”, detalha o cofundador Ari Gorenstein.

Evino implementou o WMS da Senior no segundo semestre de 2016, depois de analisar players do mercado e visitar algumas empresas que já utilizavam o sistema. “Nossa operação tem muitas particularidades. Buscávamos uma solução confiável, robusta e altamente escalável”, conta o executivo.

Ari Gorenstein (à esquerda na foto) e Marcos Leal começaram a operar em uma sala comercial de 60m², no bairro da Vila Mariana. “Nosso primeiro WMS foi construído em Excel. Eram inúmeras abas e, quando alcançamos 50 pedidos/dia, decidimos que precisávamos de uma solução mais parruda”, lembra Ari.

Ainda na capital paulista, em pouco mais de 6 meses, a operação foi migrada para um CD com 600m² e um pé direito de 7m. Em 2015, uma nova migração para o município de Serra/ES ampliou o CD da Evino para 3800m² de galpão, incluindo extensa área de escritório, seis docas e pé direito de 12m.

Até a metade de 2016 a gestão de armazém da Evino foi sustentada por uma solução criada in house: um WMS em Access desenvolvido por um programador em parceria com a companhia. “O sistema era muito bom e nos atendia, apesar de nos sentirmos reféns quando precisávamos de ajustes e customizações.” Ari conta ainda que, diante do crescimento acelerado da empresa, agilidade na entrega é um pré-requisito que os clientes não abrem mão.

“Precisávamos de uma solução com perspectiva de escala, atendimento a múltiplos CDs, controle fiscal, contábil e de inventário mais apurados, rigor e confiabilidade no registro das informações, sem contar na própria inteligência embarcada no sistema que tinha de ser precisa”, explica. De acordo com o executivo, quando a empresa verticalizou o CD no Espírito Santo foi que decidiu efetivamente que era hora de atualização a solução.

E o desafio agora é ganhar produtividade”, vislumbra.

A solução Gestão de Armazenagem | WMS da Senior foi implementada em duas ondas na Evino. “Sabíamos que nosso sistema atual até suportaria a Black Friday de 2016, mas certamente não seria páreo para o giro de mercadorias previsto para 2017. Com a solução da Senior, temos segurança para escalar ainda mais nossos negócios, multiplicar nosso CD conforme novas demandas e termos mais rigidez no controle de todo nosso processo de gestão de armazéns”, entusiasma-se Ari.

próximo passo da Evino é trazer ainda mais tecnologia para sua gestão logística. “WMS jamais será sinônimo de gargalo para nós. Ainda temos alguns ajustes para fazer na solução, em termos de usabilidade e customizações de acordo com nossas particularidades, mas vislumbramos um futuro com muitas novidades”, destaca Gorenstein, acreditando que o crescimento da companhia é reflexo dos investimentos em qualidade, atendimento e bom preço. “Estamos em constante renovação, buscando aprimorar ainda mais os processos de curadoria e a experiência de compra dos clientes”, diz. “A tecnologia, justamente por ficar em segundo plano e não ser percebida pelo cliente, é que tem que gerar mais confiabilidade.” Soluções de picking by voice e by light devem ser as novas apostas.

Evino investe na facilidade que a experiência do consumo online oferece e trabalha com os modelos de flash sales e do clube de assinaturas, sempre com curadoria de sommeliers, produção de fotos e conteúdo aprofundado com sugestões de harmonização, histórias sobre os rótulos e notas sensoriais. Em 2014, a marca passou a ter importações próprias, oferecendo ao consumidor mais possibilidades e descontos ainda maiores. Para o futuro, a empresa não descarta crescimentos horizontais ou expansão geográfica para explorar novos mercados.

By Flex Up